Destiny (PS4/XBO/PS3/X360)

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Destiny (PS4/XBO/PS3/X360)

Mensagem por Hazuki em 28/07/14, 04:49 pm

Galera, esse final de semana joguei bastante do Beta de Destiny, novo título da Bungie (criadora de Halo) e resolvi postar um Test 'n Drive no Critical Hit, já que, apesar de um FPS, ele traz elementos de um MMO e RPGs.

Eis o texto! Smile 

image

DESTINY E A VIDA DE UM GUARDIÃO DA GALÁXIA  


EXPECTATIVAS PÓS BETA


Hype é uma palavra que cerca bastante Destiny, o futuro FPS com elementos de MMO/RPG da Bungie. Isso pode ser por várias razões, sendo as principais o fato de Destiny (PS4/XBO/PS3/X360) ser desenvolvido pela criadora de Halo — carro chefe da Microsoft no Xbox — e por ter um dito orçamento milionário. Na última semana a Bungie, conforme programado, realizou o Beta inicialmente fechado para quem tinha garantido uma cópia em pré-venda, contudo ela acabou cedendo para minha imensa felicidade e abriu os portões para que qualquer um conhecesse seu novo universo SciFi. Eis minhas impressões da versão para PlayStation 3.


Afinal, Destiny é um RPG? Ele carrega elementos que fãs do gênero certamente irão apreciar, como personalização, evolução de personagem, equipamentos e habilidades. Até o considero um representante do gênero, embora oficialmente ele seja um shooter como bem disse Jason Jones (co-fundador da Bungie). A ação inquieta e foco na mesma não o deixam dizer o contrário. A verdade é que embora dependente de status para uma melhor performance, aqui o que conta é sua habilidade com o controle em meio ao incessante tiroteio.


[[MORE]]


Sabemos que existem aos montes MMORPGs com enredos e experiências genéricas, sem vida, focadas única e exclusivamente na evolução do personagem e melhora em equipamentos. Destiny ainda tem que se provar defitinivamente em termos de história, mas a trama, que mostra a raça humana reerguendo-se em uma Terra pós-apocalíptica e ainda de pé graças a um enorme globo extraterreno conhecido como The Traveller, parece ainda mantida sob o clichê da luta do bem contra o mal, uma vez que há um inimigo maior conhecido como The Darkness querendo dominar a galáxia. Não deu tempo para confirmar a existência de reviravoltas, profundidade narrativa, coisas que nos excitem por completo e não apenas por intermédio da adrenalina do tiroteio. Como Guardiões lutamos para enfrentar o mal pelas colônias dominadas na galáxia, buscamos desvendar os mistérios por trás do Traveller e defendemos é claro nossa raça e aliados. O jogo dá a possibilidade de explorar outros planetas do sistema solar e inclusive permite pisar na lua e vivenciar um dos mapas mais divertidos para partidas PvP — graças aos veículos disponíveis. Só o fato de explorar a galáxia já é um motivo que me deixa bem empolgado, mas quero ver mais do enredo e lembrar de personagens e situações anos a frente, e quero também, se possível Bungie, que eles permitam controlar as naves e não só personalizá-las e vê-las de forma não interativa.


Além de humanos é possível jogar com duas outras raças, os Awoken e Exos, mas a verdade é que somente a aparência conta na hora da escolha pois não coexiste influência alguma em atributos. Por sua vez estas mesmas raças podem seguir o caminho das classes Hunter, Warlock e Guardian, e aí sim há um diferencial entre atributos e forma de jogar. Escolhi ir de Hunter pela aparência de um caçador de recompensas, algo que já gosto não é de hoje e que remete a personagens como Han Solo de Star Wars, Edison Trent de Freelancer (PC), e por gostar de agilidade na hora da jogatina. Até o nível máximo de evolução, 8 no Beta, liberei skills como double jump e lançamento de granadas, estas que posteriormente, ao ganho de experiência, se ramificaram para outras possibilidades e foram aprimoradas. Essa parte da evolução não apenas ligada ao nível do personagem mas sim suas skills trees também foi adicionada às armas e vestimentas, logo, e uma vez que não há também distribuição de pontos em atributos, a escolha de uma arma/skill específica pode permitir a criação de uma build voltada ao seu estilo de jogo; há estratégia a ser encontrada e explorada, basta querer. As classes citadas ainda expandem-se para outras mais poderosas, mas infelizmente pelo Beta não foi possível conhecê-las.


Halo é conhecido por ter uma trama e protagonista interessantes, onde Master Chief é por muitos lembrado. Como estamos falando da mesma desenvolvedora fica a esperança que as viagens pelo espaço sejam densas, profundas e instigantes, e que as missões paralelas, ou sidequests, possam se mostrar mais que apenas conquistas. Todavia como a Bungie/Activision tem em Destiny um título para perdurar por 10 anos (isso até então em todas as plataformas a qual ele se destina), ela terá que acrescentar muito mais que simplesmente novos mapas, equipamentos, inimigos, mas sim novos personagens, tramas, reviravoltas, coisas que fãs do gênero RPG ficarão satisfeitos.


A jogabilidade, embora não fuja do escopo de outros shooters em 1ª pessoa, consegue manter um dos pontos altos do título. Como Hunter eu corria, deslizava, pulava (duas vezes) e me vangloriava de acabar com um Fallen — ou outro jogador — com minha faca. Algo que gostava muito era a sensação de responsabilidade quando em partidas co-op eu era o último sobrevivente e tinha que dar um jeito de me manter de pé e, se possível, reviver meus aliados o quanto antes; adrenalina e emoção em meio aos confrontos contra hordas alienígenas. Ao passo de tudo isso os comandos se mostraram bem intuitivos e logo os controles e diversas situações superados.


Ainda no âmbito da jogabilidade temos o aspecto social e que nos remete a estarmos dentro de um MMO. Na Terra, que funciona como hub para partir para novas missões, comprar equipamentos, aceitar desafios paralelos e afins, já nos encontramos com outros jogadores, possivelmente de uma mesma região afim de manter as coisas estáveis. Não há escolha de servidores, o jogo faz isso automaticamente por você, te colocando em um ambiente que não deveria lhe causar transtornos, mas fui desconectado algumas vezes, e para minha maior decepção no meio de partidas PvP também. Você não vê uma quantidade absurda de jogadores juntos, como a praça de Prontera em Ragnarok Online, e no meio de missões de enredo/principais pode até começar jogando só, embora sempre online — não há modo offline, infelizmente, mas do nada o que antes parecia uma aventura solo torna-se uma rede social interativa com a aparição de outros jogadores e eventos especiais embora opcionais, e isso foi muito interessante de vivenciar.


Como disse qualquer motivo para fugir deste planeta ganha pontos comigo. Adoro o tema de ficção científica, mas algo que venho percebendo, principalmente pós partidas PvP, é o quanto me recordei da excelente época com Star Wars Battlefront 2, e se Destiny conseguir alinhar a já ótima jogabilidade, gráficos, controles, com um enredo envolvente então o hype será total e completamente fundado.


Aguardo o lançamento em 9 de Setembro, pena que não com a edição de colecionador. 


+





____________________________image____________________________

Curtiu? Não deixe de comentar e dar sua opinião sobre o que você aguarda ou presenciou já de Destiny! Não esqueça também de seguir o Critical Hit aqui no Tumblr e também no Twitter para tudo aquilo que se refere ao gênero favorito deste aventureiro: RPG



Última edição por Hazuki em 28/07/14, 08:03 pm, editado 3 vez(es)
avatar 
Hazuki

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Destiny (PS4/XBO/PS3/X360)

Mensagem por Daniel em 28/07/14, 07:31 pm

Excelente, Hazuki  bow

Vi você comentando bastante no Twitter e no alvanista. Está bem empolgado com o jogo  Smile 

Seu texto está bem rico de informações. Me interessei bastante por ser um jogo em uma categoria mais sci fi, e pelo o que escreveste, me faz lembrar e compará-lo com Fallout 3 e Fallout New Vegas, o que o torna bem interessante para eu jogá-lo futuramente.



avatar 
Daniel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Destiny (PS4/XBO/PS3/X360)

Mensagem por Patolino em 28/07/14, 08:14 pm

Uma mistura de Halo, Fallout e Mass Effect?
Querendo cada vez mais um PS3  Smile 
avatar 
Patolino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Destiny (PS4/XBO/PS3/X360)

Mensagem por Hazuki em 28/07/14, 09:15 pm

@Daniel escreveu:Excelente, Hazuki  bow

Vi você comentando bastante no Twitter e no alvanista. Está bem empolgado com o jogo  Smile 

Seu texto está bem rico de informações. Me interessei bastante por ser um jogo em uma categoria mais sci fi, e pelo o que escreveste, me faz lembrar e compará-lo com Fallout 3 e Fallout New Vegas, o que o torna bem interessante para eu jogá-lo futuramente.

Estou mesmo! Vai ser que nem Dragon's Crown, queria muito a versão física, mas pela empolgação não aguentei e acabei comprando a edição digital.

Particularmente não sei se vai ser como Fallout, não joguei nenhum da série, mas do que conheço e vivenciei Destiny é mais focado na ação, enquanto que Fallout, embora um jogo de tiro é também um RPG rico em narrativa, correto? Isso Destiny ainda tem que se provar, em trama. De qualquer forma, o mundo pós apocalíptico é uma similaridade.  Tongue 

Muito obrigado pelas palavras DanZ! Fazia tempo que não escrevia assim e estava me sentindo enferrujado, graças a Enya consegui escrever algo legal. Smile 

@Patolino escreveu:Uma mistura de Halo, Fallout e Mass Effect?
Querendo cada vez mais um PS3  Smile 

É, o pessoal do BJ também fez essa comparação empolgante! O legal é que a versão final para todos os consoles estará ainda melhor, o que é claro uma vez que ainda trata-se de uma experiência beta. O vídeo que o Baixaki Jogos fez é muito bom: https://www.youtube.com/watch?v=m0BCihnWcnM&index=1&list=LLTxlHvYQk7SIPO_DHygQzRA
avatar 
Hazuki

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Destiny (PS4/XBO/PS3/X360)

Mensagem por Daniel em 29/07/14, 06:29 pm

Isso mesmo, Hazuki. Pelo menos nos dois últimos em que a série mistura FPS e RPG, o desenvolvimento do personagem, sua customização de skills e equipamentos, parte de história e enredo, ainda fazem dele um jogo bem representativo para o gênero (dá para considerar o sistema Vats do 3 e o AP que ela consome, como até uma transição dos primeiros tactics ocidentais).

Mas mesmo o Destiny não sendo tão focado como o é Fallout, ainda vale a pena jogá-lo, pelo menos o trailer está bem apetitoso, assim como sua análise da demo  Smile
avatar 
Daniel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Destiny (PS4/XBO/PS3/X360)

Mensagem por Whitewolf em 29/07/14, 06:35 pm

Pessoal anda falando muito desse jogo! Temo esses jogos tidos como jogaços, muitas vezes quando sai a versão final não agradam tanto e são massacrados pela crítica, mesmo caso vejo o tal Hyrule Warriors...
avatar 
Whitewolf

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Destiny (PS4/XBO/PS3/X360)

Mensagem por Hazuki em 29/07/14, 06:53 pm

@Daniel escreveu:Isso mesmo, Hazuki. Pelo menos nos dois últimos em que a série mistura FPS e RPG, o desenvolvimento do personagem, sua customização de skills e equipamentos, parte de história e enredo, ainda fazem dele um jogo bem representativo para o gênero (dá para considerar o sistema Vats do 3 e o AP que ela consome, como até uma transição dos primeiros tactics ocidentais).

Mas mesmo o Destiny não sendo tão focado como o é Fallout, ainda vale a pena jogá-lo, pelo menos o trailer está bem apetitoso, assim como sua análise da demo  Smile

Mas Fallout sempre foi RPG pelo que sei, não? Anyway, é uma série que também pretendo conhecer em outro momento.

Espero ansioso pela data do dia 9 de Setembro, quero ir além do que fiz no Beta o quanto antes. Uma pena que o que consegui não será transportado para o Beta, tudo bem que não foi muito, mas foram umas 10 horas de jogo quase.  Tongue 

Gostaria de que vocês aqui no fórum animassem de jogá-lo! Seria legal vê-los por lá.   

@Whitewolf escreveu:Pessoal anda falando muito desse jogo! Temo esses jogos tidos como jogaços, muitas vezes quando sai a versão final não agradam tanto e são massacrados pela crítica, mesmo caso vejo o tal Hyrule Warriors...

O mais tenso vai se FFXV não atender as expectativas, aí será um banho de oceano gelado. Ao menos no caso de Destiny a Bungie deu a todos os jogadores a chance de vivenciá-lo, e particularmente se for nos moldes do que o Beta apresentou já valerá e muito a pena. Só aguardo uma profundidade narrativa, personagens interessantes, aí aquele medo de um pseudo-MMO e genérico morrerá de vez.

Hyrule Warriors tenho boas expectativas, e isso vindo de uma pessoa que não conseguiu nem terminar Devil Kings por tê-lo achado muito repetitivo. Sei que a mecânica vai ser a mesma, mas jogar com personagens que são tão queridos por mim em ambientes clássicos empolgam.  Smile 
avatar 
Hazuki

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Destiny (PS4/XBO/PS3/X360)

Mensagem por Daniel em 29/07/14, 07:04 pm

Sempre foi, Hazuki, hehe.
Mas quem pode comentar mais é o Patolino que jogou bastante, eu só peguei os últimos mesmo, 3 e New Vegas.

Será que não existe nenhuma possibilidade de uma versão para PC?
avatar 
Daniel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Destiny (PS4/XBO/PS3/X360)

Mensagem por Hazuki em 29/07/14, 07:12 pm

@Daniel escreveu:Sempre foi, Hazuki, hehe.
Mas quem pode comentar mais é o Patolino que jogou bastante, eu só peguei os últimos mesmo, 3 e New Vegas.

Será que não existe nenhuma possibilidade de uma versão para PC?

Pelo momento nada confirmado, mas eu acredito fortemente que há esperança, ainda mais depois que a Bungie largou a exclusividade de trabalhar para a Microsoft e seu Xbox. Mas vamos ver.
avatar 
Hazuki

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Destiny (PS4/XBO/PS3/X360)

Mensagem por Whitewolf em 30/11/14, 11:43 pm

avatar 
Whitewolf

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum