Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Página 3 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Mensagem por Saint Rafael em 21/07/15, 12:57 am

E eu estou achando a história incrível.
avatar 
Saint Rafael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Mensagem por MrLinx em 23/07/15, 07:03 pm

@Daniel escreveu:Olha só, @Mrlinx encontrou um carro na série Fallout

@MrLinx escreveu:Parece que não é só em FFTA2 que temos quest de entregar marmita. ^_^'
Square sempre pegando emprestando o que há de melhor no mundo RPG dos jogos clássicos. Laughing


Realmente tenso as coisas nessa cidade. Dificilmente se vê algo nos jogos assim. No F3 tinha muitas cidades que se insinuava coisas desse tipo, mas acho que mostrar dessa mesma maneira, nãoi cheguei a ver.

Ainda não consegui pegar o carango e botá-lo pra rodar mais quando conseguir me sentirei como se fosse o Mad Max vagando pela Wasteland.



-/-

The Den foi até o momento a parte mais densa do jogo. É uma cidade que tem sua economia baseada em coisas bem pesadas, e mostra alguns dos piores lados da humanidade. Mais essa ambientação é que atrai, é algo denso mais ao mesmo tempo instigante, imaginar a situação de um mundo pós-apocalíptico.


Ah, e quando entreguei a marmita pensei a mesma coisa @Daniel.  Laughing

@Patolino escreveu:Esse é o grande RPG do ocidente.
Ótima escolha @MrLinx.

Acesse o PipBoy e permaneça na tela sem teclar em nada por um tempo e então você vai ver a tela original do PipBoy do primeiro jogo ^^

Com certeza é um jogo incrível @Patolino. Espero jogar bastante e sem pressa pois é uma daquelas experiências sem igual. Aliás todos os três Fallout's que joguei até aqui figuram entre os melhores jogos que já joguei.

Vou fazer isso no PipBoy na próxima vez que jogar, estou curioso.

@gizellechan escreveu:
@MrLinx escreveu:Mecânico barato e bom assim só em mundo pós apocalíptico mesmo

Fato  Tongue huhauhauha

E num é que tem o carro mesmo, rapaz Laughing

Agora vai ficar mais fácil de entregar as marmitas e fazer os demais "mandados" estando motorizado, né, @MrLinx Laughing kkkkk

O cara praticamente faz o serviço de graça e por puro prazer @gizellechan . Assim que Smitty der um trato no carro já estou pensando em fazer entregas pra toda wasteland em pareceria com a Mom's. O prato da casa é o espetinho de iguana, uma iguaria sem igual:



@Whitewolf escreveu:Me coçando cada vez mais pra jogar esse e o primeiro jogo, e mais ainda pra ler os posts, haja coração, como diz o Galvão!!!

Jogue o quanto antes @whitewolf. Lhe dou certeza que você não irá se arrepender. Vagar pela wasteland é uma experiência que não tem preço.

@Saint Rafael escreveu:E eu estou achando a história incrível.

Que bom que está gostando Saint. Como falei acho que a coisa ainda vai esquentar bastante.
avatar 
MrLinx

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Mensagem por MrLinx em 26/07/15, 10:42 am

Continuando a aventura...

Como dito no post anterior, decidi ir para a famosa Vault City. O problema é que querer nem sempre é poder amigos, ainda mais em um mundo assim como o de Fallout. A Vault City como disse antes fica longe de Den, e fazer um caminho longo desse pelo deserto, não foi tarefa fácil. O mundo está cheio de perigos como nunca havia estado antes, e por diversas vezes fui trucidado nos encontros aleatórios mesmo agora com um membro a mais no grupo.


Por algumas vezes essa foi a maior distância que consegui ir de Den para Vault City. E olha que desse ponto a frente, falta muita coisa ainda.

Por alto foram mais ou menos uns 5 ou 6 game overs, sendo eles uma morte para os mais diversos inimigos possíveis, indo desde a grupo de toupeiras gigantes a Slaver's. No meio desses diversos encontros, tive um que foi especial por se tratar de um easter egg do primeiro jogo. No encontro bizarro, encontrei com a vendinha do deplorável vendedor de carne humana Bob's Iguana. Foi um encontro bizarro, pois ali estava a cabana do Bob com algumas barracas construídas do lado, no centro uma fogueira com uma estátua que parecia ser venerada pelas pessoas loucas e histéricas que corriam sem rumo pelo local. Bizarro, não?


A famigerada banca de vendas encontrada no meio do nada. Bizarro.

Continuando pela wasteland, outra coisa interessante ocorreu. Um shamã lá de Arroyo, apareceu em meus sonhos me dando um aviso, de que a vila conta comigo e que eu preciso encontrar o GECK, o mais rápido possível.


O shamã de Arroyo me colocando pressão. Mal sabe ele que uso um ditado baiano como filosifida de vida: "devagar é pressa". ^^

Faço questão de deitar o cabelo na viagem, mais e quando começo a ver a Vault City despontar lá no final do mapa, percebo que há uma vila antes de lá. Que jogador resiste de RPG's resiste a explorar um local antes do objetivo principal? Logo que entro, descubro que estou em uma pequena vila de fazendeiros cujas as plantações ao redor estão secas e praticamente mortas, o nome do local é Modoc.


A pequena cidade de Modoc.

A economia do local gira em torno do comercio com o pessoal que circula nas redondezas, servindo de posto de parada e comercio para os viajantes. Conversando com o "prefeito"(ta mais pra um simples representante do pessoal mesmo), ele me diz que andam tendo problemas com fantasmas que apareceram em uma plantação que fica  ao norte de Modoc. Ele me diz que algumas pessoas ao chegarem na plantação viram fantasmas e além disso ficaram traumatizadas por pela horrível visão de vários corpos estripados e crucificados na plantação. Uma visão traumatizante que faz com que ninguém queira retornar aquela plantação, que pode a solução para salvar a cidade, visto que as lavouras dali já estão praticamente mortas, e o local de maior fertilidade agora é uma fazenda fantasma que ninguém se atreve a entrar.
Como devem imaginar sobrou pra mim, investigar a tal fazenda em troca o lidér local me prometeu informações sobre o GECK. E com as direções anotadas sigo para  nordeste no mapa e chego em Ghost Farm.


Partindo para a Ghost Farm.

Logo ao entrar na fazendo me deparo com a horripilante visão descrita pelos moradaores traumatizados de Modoc. Corpos estripados pra todo lado. Mais por enquanto sem sinal dos fantasmas.


Corpos estripados me dão as boas vindas a Ghost Farm.

Sigo para uma cabana ao norte da entrada, a única construção ali no local. Logo quando tento me aproximar de alguns baús dentro da cabana, caio em um buraco escondido por alguns tapetes. É uma armadilha. Logo que caio, acordo em uma cela no fundo de uma caverna. E descubro que os fantasmas, estão armados e bem vivos. Logo sou encaminhado ao líder do pessoal que vive ali nas cavernas pelos dois guardas da cela. No diálogo ele me explica alguns pontos bem interessantes, e descubro que o pessoal que vive ali nas cavernas tem o nome de Slag's. Os Slag's  são descendentes de um gurpo secreto de militantes que se selaram ali nas cavernas e vagarosamente sofreram mutações. Devido as mutações eles não conseguem suportar contato com a luz do sol, e por isso sua população vem caindo rapidamente, devido a falta de recursos que conseguem obter.


A caverna dos Slags.

O líder dos Slags me explica também que a estória dos fantasmas foi um mecanismo de defesa deles e na verdade, eram as pessoas dali, cobertas com musgo brilhante que no escuro davam a impressão serem fantasmas. E os corpos crucificados e pendurados para apodrecer no sol logo na entrada? São nada mais que pedaços de carne de brahmin's vestidos com roupas para parecem humanos. O problema é que essas defesas, foram meio que um tiro pela culatra e agora como ninguém se aproxima da Ghost Farm pelo medo, eles não conseguem fazer comércio com ninguém. É aí que eu entro na situação como mediador, e minha função é convencer o pessoal de Modoc a estabelecer um vinculo comercial com o pessoal da Ghost Farm, assim todo mundo sai ganhando.


Vejam só o que achei em uma prateleira ali na Ghost Farm.

Depois de realizar algumas viagens entre as duas cidades resolvendo pequenos problemas para gerar confiança entre as duas partes ( resolver um desses problemas me rendeu uma jaqueta bem legal) restabeleço o comercio entre os dois locais. Hora de receber minha informação sobre o GECK, e pra minha grande alegria, o filha da mãe líder de Modoc não sabe de p***a nenhuma e nem imagina  o que é GECK e me diz que inventou conhecer essa budega, só pra que eu o ajudasse a resolver o problema local. Se serve de consolo pelo menos ganhei uma boa quantidade de experiência.


Situação resolvida.

Decido então seguir a minha melhor pista e continuo a viagem para Vault City.

To be continue...
avatar 
MrLinx

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Mensagem por gizellechan em 26/07/15, 06:06 pm

@MrLinx escreveu:O prato da casa é o espetinho de iguana, uma iguaria sem igual

Putz, @MrLinx hauhauaha Ainda bota a foto, fidumaégua Laughing

@MrLinx escreveu:Que jogador resiste de RPG's resiste a explorar um local antes do objetivo principal?

Esse manja kkkkk Não dá para resistir mesmo whistle kkkk

E o que é pior do que isso: querer vasculhar a área toda antes de prosseguir para outro canto! Laughing Esse desejo é uma desgraça hauahuah (confesse, meu caro RPG Player... Quando você resiste a este impulso exploratório e passa "correndo" em um lugar, o quê acontece? Hein, hein? Consciência pesada, oras! Kkkkk Confessa, vai kkkk Fica martelando na sua cabeça: "será que tinha algo importante? Um item? NPC? Equip? Shit! Não devia ter feito isso! Mas eu tava sem saco pra olhar aquilo tudo... Com pressa... Sem tempo... É... Mas e se tinha algo lá? E se..." kkkkk Laughing)  

@MrLinx escreveu:o filha da mãe líder de Modoc não sabe de p***a nenhuma e nem imagina  o que é GECK e me diz que inventou conhecer essa budega, só pra que eu o ajudasse a resolver o problema local

<<< Líder de Modoc



Pobi do Linx kkkk
avatar 
gizellechan

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Mensagem por Whitewolf em 26/07/15, 08:24 pm

Esses diarios de uma wasteland me instigam cada vez mais a começar um fallout
avatar 
Whitewolf

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Mensagem por MrLinx em 26/07/15, 08:52 pm

@gizellechan escreveu:
@MrLinx escreveu:O prato da casa é o espetinho de iguana, uma iguaria sem igual

Putz, @MrLinx hauhauaha Ainda bota a foto, fidumaégua Laughing

Essa foto ai foi só pra dar água na boca e abrir o apetite Gi. Temos um combo especial que sai por uns poucos bottle cap's a mais, um espetinho de iguana mais bem trabalhado e uma Nuka Cola bem gelada:



Tongue

@gizellechan escreveu:
@MrLinx escreveu:Que jogador resiste de RPG's resiste a explorar um local antes do objetivo principal?

Esse manja kkkkk Não dá para resistir mesmo whistle kkkk

E o que é pior do que isso: querer vasculhar a área toda antes de prosseguir para outro canto! Laughing Esse desejo é uma desgraça hauahuah (confesse, meu caro RPG Player... Quando você resiste a este impulso exploratório e passa "correndo" em um lugar, o quê acontece? Hein, hein? Consciência pesada, oras! Kkkkk Confessa, vai kkkk Fica martelando na sua cabeça: "será que tinha algo importante? Um item? NPC? Equip? Shit! Não devia ter feito isso! Mas eu tava sem saco pra olhar aquilo tudo... Com pressa... Sem tempo... É... Mas e se tinha algo lá? E se..." kkkkk Laughing)  

O sentimento é esse mesmo Gi.  Chega a dar insônia essa disgrama. No meu caso aqui fica sempre a dúvida se estou deixando o item que preciso pra pegar o carro pra trás e tal. É chato quando você poderia ter liberado algo lá no começo do jogo e só descobre lá pro final. Mais essa é a graça de se jogar sem detonado também. O sentimento da jogatina é outro.


@gizellechan escreveu:
@MrLinx escreveu:o filha da mãe líder de Modoc não sabe de p***a nenhuma e nem imagina  o que é GECK e me diz que inventou conhecer essa budega, só pra que eu o ajudasse a resolver o problema local

<<< Líder de Modoc



Pobi do Linx kkkk

É por aí mesmo @gizellechan .  Laughing  Laughing

Acho que o Sérgio se inspirou nesse camarada filha da mãe. Tongue

@Whitewolf escreveu:Esses diarios de uma wasteland me instigam cada vez mais a começar um fallout

Jogue logo Wolf! Com certeza você vai gostar bastante. O primeiro jogo é mais acessível em termos de tempo, e da pra fechar com umas 17 horas de jogo.
avatar 
MrLinx

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Mensagem por Daniel em 26/07/15, 09:37 pm

Rapaz, que FDP esse cara, haha.
Inventou sobre o GECK só para tirar uma lasquinha do @Mrlinx.

Mô malandro mesmo como disse a @gizellechan Laughing
avatar 
Daniel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Mensagem por Saint Rafael em 27/07/15, 12:40 am

Sacanagem total. Laughing
A história tá top.
avatar 
Saint Rafael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Mensagem por MrLinx em 01/08/15, 08:25 am

@Daniel escreveu:Rapaz, que FDP esse cara, haha.
Inventou sobre o GECK só para tirar uma lasquinha do @Mrlinx.

Mô malandro mesmo como disse a @gizellechan Laughing

@Saint Rafael escreveu:Sacanagem total. Laughing
A história tá top.


Essa foi foda mesmo. Laughing Mais a intenção do cara foi boa.
avatar 
MrLinx

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Mensagem por Whitewolf em 01/08/15, 05:10 pm

@MrLinx escreveu:
O shamã de Arroyo me colocando pressão. Mal sabe ele que uso um ditado baiano como filosifida de vida: "devagar é pressa". ^^

Não resisti e tive de ler essa parte, esse cara ai é mal encarado pacas, realmente se eu topar com um desse na rua as pernas irão tremer  Laughing
avatar 
Whitewolf

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diários de uma aventura 5 - Fallout 2

Mensagem por Conteúdo patrocinado

 
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum